A boa nova

-         Como assim “grávida”?

-         Grávida, grávida, caramba! A gente trepou, você gozou, o espermatozóide que tava no meio da sua porra encontrou a porra do meu óvulo e aí fodeu.

-         Não acredito...

-         Pois acredite. Já fiz exame de sangue e esse é mais que batata, sacou?

-         Meu, mas...

-         Mais nada. O fato é: eu estou grávida, o filho é teu e eu não to a fim de tirar. Eu sei que a gente não tem nada em comum...

-         Nada mesmo!

-         Posso terminar?

-         À vontade.

-         Obrigada. Sei que a gente se conheceu numa noite, rolou um tesão e a gente transou. E só. A gente não se viu mais, se falou depois algumas vezes e boa. Mas eu só queria que você soubesse porque acho sacanagem um cara ser pai sem nem saber.

-         Tem uma coisa: como é que você tem certeza de que é meu?

-         Como eu já sabia que você ia me falar isso, eu já me preparei psicologicamente para não me irritar. Acorda, filhão! Com a facilidade do exame de DNA eu nem ia me dar a este trabalho de vir aqui te contar uma lorota para um testezinho mixuruca botar tudo a perder. É seu e não tem erro. Estava sem dar uma bem dada há meses.

-         Ai, caralho...

-         É, é um caralho e de asa, ainda por cima. Mas não esquenta. Talvez eu te peça uma pensão, se eu precisar. Por hora posso me virar sozinha.

-         Puxa...eu nem sei o que te dizer.

-         Tudo bem, eu pensei nisso também. Pode dizer apenas “parabéns”. Afinal, daqui uns 8 meses serei mãe. Não era bem isso que eu queria pra mim agora, mas se aconteceu eu vou ter que bancar essa.

-         Admiro sua coragem. Agora, que passou o susto, só pra amenizar um pouco, vamos tomar uma cerveja.



Escrito por Kel às 14:27
[] [envie esta mensagem]



-         Tá louco? Grávidas não bebem. Nada. Tudo bem, uma tacinha de vinho eu ainda posso, vai.

-         Fechado. Garçom!

-         Pensando bem, melhor um suco de melancia.

-         Dois.

-         Essa é boa.

-         A propósito: meses sem dar uma bem dada??? Quer dizer que eu sou bom na coisa?

-         Tão bom que de “prima” já me engravidou. Nem deu pra aproveitar mais.

-         Mas grávidas estão proibidas de transar?

-         Claro que não! Podemos transar direto, até com a criança já com a cara no gol.

-         Que exagero...

-         É, mas é só pra ilustrar.

-         Garçom!

-         Voltou atrás, né? Sabia que você não ia ficar no suco nem a pau.

-         Não vamos ficar no suco mesmo. Só que “nem a pau” vai ser difícil...



Escrito por Kel às 14:26
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Histórico
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
R A B I S C A N D O
MBrettas
Pequenas Epifânias
Empty
O Fantástico Mundo de El Cid
Escucha-me Porra
Moacir Caetano
AtrAvÉs de MiM
what is lost....is lost.
E TENHO DITO!
Sociedade Alternativa II
Breves Histórias Cotidianas
atire a primeira pedra