Novas e velhas

Tudo bem que já faz um mês (quer dizer, quase...) que o Carnaval passou, mas eu realmente esqueci de comentar aqui o que aconteceu. Fui pra São Luiz do Paraitinga, como já estava programado e...put*quepariu! Foi simplesmente demais! Fez um calor absurdo e um sol de rachar coco durante o dia e à noite aquele friozinho típico de cidades entre colinas. Este detalhe me fez tomar várias pingas com mel (hmmm...), batidas e brejinhas para ajudar a esquentar. Sem falar que passei meus dias subindo e descendo ladeira atrás de bloco, sempre com o meu querido à tiracolo. Alugamos uma casinha só pra nós e conseguimos conciliar tudo: diversão, intimidade, comes e bebes. Ano que vem talvez não passemos a festa por lá, mas fica a dica para quem quiser um autêntico carnaval de rua, democrático como todos eles deveriam ser.

 

**

Larguei de vez o cigarro. Foi uma coisa assim, sem pensar. Quando vi, não sentia mais falta. Quer dizer, de vez em quando bate aquela vontadezinha, mas aí eu penso no cheiro que fica na roupa, no amarelado dos meus dentes, nos meus pulmões e resolvo pensar em coisas mais interessantes. Não vou pregar o antitabagismo, mas quem quiser parar tem todo o meu apoio.

 

**

Fiquei menos de um mês desempregada, graças a Deus e àquela bicha do Simões. Ele me deu um contato na Editora Peixes e assim que saí da entrevista pensei: este emprego é meu. Dito e feito. Comecei na terça-feira a cuidar dos sites da editora, mas mais precisamente do Família Aventura e Focinhos. Ainda estou redigindo os textos mas talvez hoje já entre algo de minha autoria. Para registrar: a grana até que é boa e o trampo muito maneiro. Sem falar no pessoal que é super alto astral. Gostei do que vi!

 

**

Meu querido ex-novo-amor agora é agente de segurança da Febem do Tatuapé. Para quem não é da cidade, este seria um dos empregos com maior índice de insalubridade que existem no mundo. Por hora ele está se dando bem com os funcionários e os meninos. Mas sabe lá o que é ter um namorado e ele não poder passar os finais de semana e talvez os feriados com você? O esquema de trabalho é de 12 horas, dois dias. Depois folga-se dois. A grana é boa, mas pra mim nem que pagassem uma bolada. Se bem que por uma bolada...Enfim, só posso ficar na torcida para que ele volte para casa todos os dias inteirinho do jeitinho que ele é.

 

**

Voltei pro orkut. Sai de lá intempestivamente depois de uma enxurrada de e-mails maldosos, me convidando para casas de swing, sexo a três e por aí vai (isso que dá entrarem comunidades “quentes” e achar que todo mundo que ta ali é cabeça-feita e não vai levar tudo o que você diz “por trás”). Mas achei que este momento seria bacana para a volta, já que fiz novos amigos e todos estavam por aquelas bandas. Descobri comunidades mais edificantes e estou gostando deste retorno. Quem quiser me achar por lá, estou como “Kel “Phenix” Santana”.



Escrito por Kel às 12:05
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Histórico
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
R A B I S C A N D O
MBrettas
Pequenas Epifânias
Empty
O Fantástico Mundo de El Cid
Escucha-me Porra
Moacir Caetano
AtrAvÉs de MiM
what is lost....is lost.
E TENHO DITO!
Sociedade Alternativa II
Breves Histórias Cotidianas
atire a primeira pedra