Jantar à dois

Não havia nada neste mundo que ela mais aguardava do que pequenas gentilezas. Virava e mexia pensava como seria bom receber um bilhete, um bombom, até uma flor um pouco murcha, desde que tudo chegasse impregnado pela vontade alheia de agradar.

O convite para o jantar foi recebido como uma dádiva. No dia em questão foi comprar os presentes para seu amado, voltou para casa e banhou-se. Passou perfume, escolheu bem a roupa e aguardou que ele fosse busca-la pois o tempo não colaborou para que se encontrassem no caminho. Ele ficou encarregado do prato principal e ela da sobremesa.

Tudo pronto, hora de se lançarem à degustação. A data pedia algo mais intimista, então as velas, já um pouco gastas, foram colocadas em ação. Para embalar a conversa, Nina Simone. Brindaram à união com vinho – ela não era muito chegada, mas nesta noite tudo estava divino e até abusou um pouco da bebida.

Logo depois, cobriu de mimos seu grande amor. Feito isto e terminado o jantar, juntaram mãos, cruzaram olhares e puseram-se a dançar. Beijavam-se longamentem selando aquele momento tão deles. Ela queria que o mundo parasse mas como ele não podia fazer sua vontade, acabaram mesmo foi no sofá...aquele de sempre, que agora tem mais esta historinha para contar.

Escrito por Kel às 16:56
[] [envie esta mensagem]



Satisfação

Então, é Natal. Comecei a escrever um conto mas não fui muito bem sucedida. Esse Blog da Uol tem certas limitações, fica pedindo pra “reduzir o número da caracteres”. Nem imaginam que isto pode acabar com uma história. Então, já que o conto não viria inteiro, não veio nem pela metade. Ficaremos sem conto de Natal.

Na verdade não é só por causa do blog, é por causa dessa felicidade que me domina. Ouvi certa vez alguém dizer que os poetas só são capazes de escrever coisas belas quando estão tomados de uma melancoliazinha, de uma depressão. E como estou bem longe disso, me sinto pouco inspirada.

Deixo os poemas e “rabiscos” para Moacir, Decca, Jefferson e até para o seu Marcelo. A Kathy também deixa coisas bárbaras no blog dela. Até o Du!! quando está inspirado consegue me emocionar.

Enfim, deixo apenas o registro de que tentei. Antes isso de que nada, não acham?

 

Feliz Natal a todos e até mais ver!

Escrito por Kel às 09:20
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]


Histórico
19/06/2005 a 25/06/2005
12/06/2005 a 18/06/2005
05/06/2005 a 11/06/2005
29/05/2005 a 04/06/2005
15/05/2005 a 21/05/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
01/05/2005 a 07/05/2005
24/04/2005 a 30/04/2005
17/04/2005 a 23/04/2005
10/04/2005 a 16/04/2005
03/04/2005 a 09/04/2005
27/03/2005 a 02/04/2005
20/03/2005 a 26/03/2005
13/03/2005 a 19/03/2005
06/03/2005 a 12/03/2005
27/02/2005 a 05/03/2005
20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
23/01/2005 a 29/01/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
26/12/2004 a 01/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
24/10/2004 a 30/10/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
10/10/2004 a 16/10/2004
03/10/2004 a 09/10/2004


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
R A B I S C A N D O
MBrettas
Pequenas Epifânias
Empty
O Fantástico Mundo de El Cid
Escucha-me Porra
Moacir Caetano
AtrAvÉs de MiM
what is lost....is lost.
E TENHO DITO!
Sociedade Alternativa II
Breves Histórias Cotidianas
atire a primeira pedra